Paraná: na época da II Guerra era proibido comemorar aniversários

Paradas Militares Curitiba 1944

Parada Militar em Curitiba em 1944. Foto: Acervo Curitiba Antiga

Em 28/01/1942, a Portaria nº 30, elaborada pela Chefatura de Polícia do Paraná, preconizava restrições aos estrangeiros em caráter geral.

A referida portaria constitui em uma das maiores interferências no cotidiano dos imigrantes e descendentes daqueles que tinham origem nos países do Eixo – Itália, Alemanha e Japão.

Até mesmo festas de aniversários com reunião de familiares estavam restritas.

Era a ditadura de Getúlio Vargas mostrando cada vez mais suas caras.

Na capital paranaense, a portaria foi divulgada em todos os jornais, tendo como principais proibições:

  1.  Mudar de residência sem devida autorização;
  2.  Portar armas de fogo, obrigando a devolverem mesmo as que possuíssem registro legal;
  3. Comercializar armas, munições e materiais explosivos;
  4. Viajar sem salvo-conduto fornecido pela DOPS;
  5. Reunir-se mesmo para comemorar festas particulares, como aniversários ou bailes;
  6. Discutir ou falar sobre o contexto internacional;
  7.  Realizar viagem aérea sem licença especial da DOPS;
  8.  O uso do idioma nas conversações em locais públicos;
  9.  Distribuição de quaisquer escritos nos idiomas do Eixo;
  10. Cantar ou tocar hinos e músicas de nações eixistas;
  11.  Fazer saudações peculiares aos partidos políticos;
  12. A exibição em local acessível de retratos de membros de governo das três nações do Eixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s